Como pode ser estagiar com energias renováveis?

Home » Corrente Alternativa » Como pode ser estagiar com energias renováveis?
Como pode ser estagiar com energias renováveis?

Confira o depoimento de quem está amando estagiar na área. Quais os tipos de atividade do estágio? O quão edificante é a experiência pra a carreira profissional?

“Um dos meus primeiros projetos foi uma microgeração híbrida, com energia fotovoltaica e eólica, e foi um sucesso.
Adriana Cavalcante – Estudante de Engenharia Elétrica da UFBA
Integrante do Onda Elétrica, estagiária da Civil Eco

Sempre tive curiosidade de saber como seria o contato com a engenharia real, a experiência de ver todas aquelas teorias e deduções aprendidas em sala de aula acontecendo. Eis que no meu 4º semestre eu resolvi que queria estagiar logo, e comecei minhas buscas estudando a área de energias renováveis que me interessaram desde o ano anterior a essa minha decisão. No ano de 2015, em meio a greve da Universidade, eu resolvi fazer alguns cursos, dentre eles o curso de projetos de micro e minigeração fotovoltaica, e logo no fim de 2015 ganhei minha vaga de estagiária na Civil Eco.

A Civil Eco começou como um programa de responsabilidade sócio ambiental do Grupo Civil, e em 2016 se tornou uma empresa independente totalmente voltada para práticas sustentáveis. Me orgulho muito de participar dessa empresa e de estar compartilhando de pensamentos e atitudes voltadas para um mundo sustentável e melhor para todos.

Comecei a estagiar na área que eu queria e que me desperta muito interesse, porém nunca tinha tido contato com o mercado de trabalho e foi um desafio começar a aprender como as coisas funcionam na prática, o que o mercado oferece e a pergunta que ficava na minha cabeça no meu primeiro projeto era: Tudo dimensionado, onde encontro tudo que preciso para fazer meu projeto funcionar? Diante dessa e outras perguntas que surgiram descobri muitas coisas, e contei com a equipe da Civil Eco pra me auxiliar nessa nova fase.

Um dos meus primeiros projetos foi uma microgeração híbrida, com energia fotovoltaica e eólica, e foi um sucesso. O projeto híbrido foi marcante na minha história, foi primeira missão que recebi e foi muito legal poder trabalhar nela, e, além de dimensionar, conseguir toda a documentação necessária para a aprovação do projeto pela Coelba, eu tive a oportunidade de acompanhar toda a instalação. E fiquei bem feliz quando recebi a notícia de que o projeto tinha sido aprovado de primeira, sendo então o primeiro projeto de microgeração híbrida da Bahia!

Esse projeto entrou como requisito para obtenção da Certificação Sustentável do Empreendimento Civil Towers no Costa Azul, e saiu numa reportagem sobre IPTU Verde na Band. A partir daí foram chegando novas demandas e novos aprendizados sempre!

Hoje me dedico a levar o conhecimento sobre essas energias para todos, e enfrento os desafios de mostrar algo novo, em que acredito, para uma sociedade que não é incentivada ao novo. Planejo me especializar na área, e tenho planos pra trabalhar com renováveis no meu trabalho de conclusão de curso. Meu estágio está fortalecendo cada vez mais o meu conhecimento e as bases que preciso para seguir adiante levando essa ideia.

Acredito que o estágio ajuda muito a encaixar o conhecimento adquirido com a prática da engenharia, é uma experiência de resolução de problemas reais em que se aprende como lidar e aprimorar suas habilidades tendo suporte e com isso adquirindo segurança. Penso como uma oportunidade de poder sentir seu esforço em sala de aula sendo recompensado.